Deputado quer retirar imposto abusivo sobre servidores públicos.

 

O deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA) apresentou esta semana emenda supressiva à Medida Provisória 805/2017, assinada pelo presidente Michel Temer, que entre outras mudanças, estabelece o aumento da contribuição previdenciária dos servidores públicos de 11% para 14%, para aqueles que recebem acima do teto do INSS, que hoje é de R$ 5,5 mil.

“De todo modo, independente daquele que recebe acima ou abaixo do teto, entendemos que os 11% que atualmente é cobrado de incidência de contribuição social já é um valor que onera imensamente o servidor público, tão sacrificado pela carga tributária tão alta”, defendeu o deputado maranhense.

Rubens Pereira Júnior quer excluir o dispositivo do texto. “Precisamos corrigir esse imenso equívoco e impedir que os servidores públicos sejam ainda mais prejudicados. O governo federal precisa economizar recursos públicos, mas com outras medidas”, disse.

A mesma MP de Temer adia de 2018 para 2019 o reajuste salarial dos servidores públicos e passará a valer a partir de 1º de fevereiro de 2018.

Fonte: Portal Vermelho

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *