Sindaftema e Sintaf emitem nota de esclarecimento sobre Operação Via Perditionis.

O Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Maranhão – SINDAFTEMA e o Sindicato do Grupo Tributação, Arrecadação e Fiscalização da Fazenda Estadual do Maranhão – SINTAF/MA vêm a público manifestar o seu repúdio com as inverdades noticiadas nesta quinta-feira (08/11), pela mídia maranhense, acerca da Operação “Via Perditionis”, deflagrada pela Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal com o intuito de combater ilícitos contra a administração pública que colaboravam para o transporte ilegal de madeira serrada pelas BR 316 e BR 222.

Segundo o conteúdo publicado, servidores da Receita Estadual do Maranhão que atuavam no Posto Fiscal Estaca Zero, na cidade de Santa Inês, estariam autorizando, com o apoio de alguns policiais rodoviários federais, a circulação irregular de caminhões carregados de madeira sem a devida documentação. A notícia informa ainda que durante a operação, quatro servidores da Receita Estadual foram afastados de suas funções para que fossem realizadas as devidas investigações.

Ressaltamos que não é verdadeira a informação, visto que “os fiscais de pista” mencionados nas reportagens não fazem parte do quadro de servidores públicos da Secretaria de Estado da Fazenda do Maranhão.

A precariedade do conteúdo trazido pelos veículos de comunicação, sem trazer à tona a verdade dos fatos não condiz com a qualidade do jornalismo brasileiro, ferindo assim a imagem da Sefaz e de seus agentes que trabalham com dedicação, ética e consciência.

 

São Luís, 08 de novembro de 2018.

Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Maranhão

SINDAFTEMA

Sindicato do Grupo Tributação, Arrecadação e Fiscalização da Fazenda Estadual do Maranhão

SINTAF/MA