Atividades em defesa do serviço público são acompanhadas de perto pelo Sindaftema em Brasília.

Atividades em defesa do serviço público são acompanhadas de perto pelo Sindaftema em Brasília.

A quarta-feira (13/07) foi de muita mobilização para os dirigentes do Sindaftema. Durante todo o dia de hoje, o presidente do sindicato Raymundo Emídio e o diretor social da entidade Ronaldo Oliveira participaram de diversas atividades na capital federal do país, com o objetivo de discutir as ações em prol da valorização dos auditores fiscais e do serviço público a nível nacional.

 

 

Pela manhã, os representantes do Sindaftema participaram do segundo dia de atividades da 175ª Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital – Fenafisco. O encontro que aconteceu no Hotel Brasília Imperial, encerrou-se com todos os dirigentes vestidos com a camisa da campanha de aprovação pela PEC 186, que propõe a autonomia da administração tributária e a independência funcional de seus agentes.

 

 

Durante a tarde, o Sindaftema participou da Audiência Pública para debater o Projeto de Lei Complementar 257/16, que estabelece o Plano de Auxílio aos Estados e ao Distrito Federal e medidas de estímulo ao reequilíbrio fiscal. A audiência foi realizada no Auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, e foi requerida pelo deputado federal Wolney Queiroz, presidente da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP).

Além da mobilização do fisco, diversos representantes sindicais marcaram presença no evento. O PLP 257/16 é visto pelo Sindaftema e demais entidades como uma afronta aos direitos dos servidores públicos, já que o texto impõe uma série de exigências fiscais e arrocho contra o funcionalismo público como condição para a adesão ao plano de refinanciamento da dívida dos estados.

 

Assessoria de Comunicação / Sindaftema

top